Notícias do mercado imobiliário

INDÚSTRIA FICOU ATRÁS NA GERAÇÃO DE EMPREGOS EM 2014

<img class="attachment-post-thumbnail size-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/gera%C3%A7%C3%A3o-de-empregos-150x150.jpg" sizes="(max-width: 150px) 100vw, 150px" srcset="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/geração-de-empregos-150x150.jpg 150w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/geração-de-empregos-100x100.jpg 100w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/geração-de-empregos-90x90.jpg 90w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/geração-de-empregos-80x80.jpg 80w" alt="geração de empregos" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                               A indústria foi o setor com o pior desempenho na geração de empregos formais em 2014, informou nesta quarta-feira (09/09) o Ministério do Trabalho e Emprego (MET) em apresentação da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). No ano passado, o setor fechou 121,7 mil vagas. De acordo com o MTE, houve queda em 11 das 12 áreas que integram a indústria de transformação. O único ramo com desempenho positivo foi o da indústria de produtos alimentícios, com crescimento de 2,2%. O levantamento mostra, entretanto, que cinco dos oito setores da economia apresentaram saldo positivo no ano passado. O destaque ficou com o setor de serviços, que criou 587 mil vagas, seguido do comércio, que abriu 217 mil novos postos.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
06/06/2016

Últimas notícias