Notícias do mercado imobiliário

NOVA ETAPA DO MINHA CASA REFLETE MOMENTO DO PAÍS

<img class="attachment-post-thumbnail size-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Minha-casa-Minha-vida-150x150.jpg" sizes="(max-width: 150px) 100vw, 150px" srcset="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Minha-casa-Minha-vida-150x150.jpg 150w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Minha-casa-Minha-vida-100x100.jpg 100w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Minha-casa-Minha-vida-90x90.jpg 90w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Minha-casa-Minha-vida-80x80.jpg 80w" alt="Minha casa Minha vida" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                                       A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) reafirma sua disposição em colaborar para uma solução que garanta a continuidade do programa Minha Casa, Minha Vida. Após conhecer os detalhes da terceira etapa, que será lançada pelo governo federal assim que houver definição em torno do Orçamento de 2016, o setor sinalizou que fará o esforço possível para manter a execução das obras. “Não desconhecemos o momento que o Brasil vive e seremos parceiros mais uma vez”, diz José Carlos Martins, presidente da CBIC. Durante coletiva de imprensa após reunião de trabalho com a presidente Dilma Rousseff, ele destacou o impacto das limitações fiscais do governo sobre o programa. “Nos foi apresentada a continuidade do programa, o que já é um alento. Significa que não precisaremos desmobilizar as obras e teremos um plano de trabalho nos próximos dias”, acrescentou. Questionado pela imprensa, Martins reafirmou a expectativa da indústria da construção por maior previsibilidade e confirmou a regularização de débitos pendentes em obras executadas. “Gostei da apresentação. É pé no chão e mantém o subsídio dentro da nova realidade do País. O ritmo não será o que gostaríamos, mas não podemos desconhecer o que está acontecendo hoje no Brasil.”</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
16/06/2016

Últimas notícias