Notícias do mercado imobiliário

ALUGUEL PUXA ALTA NO CUSTO DE VIDA NA BAIXA RENDA

<img class="attachment-266x266" style="text-align: justify;" title="aluguéis em São Paulo se mantiveram estáveis no mês de fevereiro" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2014/11/alugu%C3%A9is-em-S%C3%A3o-Paulo-se-mantiveram-est%C3%A1veis-no-m%C3%AAs-de-fevereiro1.jpg" alt="aluguéis em São Paulo se mantiveram estáveis no mês de fevereiro" width="266" height="180" />


<p style="text-align: justify;">                                                                   A inflação da cesta de produtos e serviços mais consumidos pelas famílias de baixa renda, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), subiu 0,46% em outubro, mesma taxa de setembro, informa a Fundação Getulio Vargas (FGV). No mesmo período do ano passado, a alta foi de 0,73%. Aluguel, contas de gás e água foram os itens que mais pesaram no bolso dessas famílias no mês passado. A alta do grupo alimentos, o de maior peso, desacelerou. Com o resultado de outubro, o indicador acumula alta de 4,97% no ano, e de 6,24% nos últimos 12 meses. O IPC-C1 mede a inflação das famílias com renda até 2,5 salários mínimos (R$ 1.810 mensais) e em outubro ficou acima da inflação geral, medida pelo IPC-BR, que subiu 0,43%. Na comparação do acumulado em 12 meses, contudo, o IPC-C1 ficou abaixo do IPC-BR, que subiu 6,84%.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
26/11/2014

Últimas notícias