Notícias do mercado imobiliário

AUMENTO DA SELIC PODE AMPLIAR FUGA DA POUPANÇA

<img class="attachment-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Economia-crescente-150x150.jpg" alt="Economia crescente" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                      O aumento da taxa básica de juros ampliou ainda mais a rentabilidade dos fundos de renda fixa em relação à poupança. A simulação feita pela Associação Nacional de Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac) mostra que a poupança só é melhor opção de investimento nos casos em que a taxa de administração dos fundos supera 3% ao ano. Com os juros a 13,75% ao ano, a poupança tem um rendimento mensal de apenas 0,62%, segundo a Anefac, insuficiente para trazer ganhos reais elevados. A contínua perda de atratividade da poupança tende a dificultar ainda mais o financiamento imobiliário no País. Principal fonte de recursos do crédito imobiliário, a caderneta de poupança perdeu R$ 30 bilhões no primeiro quadrimestre, o que se tornou um entrave adicional para o setor num momento de desaceleração econômica.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
28/10/2015

Últimas notícias