Notícias do mercado imobiliário

CALCULADORA MOSTRA SE VALE MAIS COMPRAR OU ALUGAR

<img class="attachment-post-thumbnail size-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-150x150.jpg" sizes="(max-width: 150px) 100vw, 150px" srcset="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-150x150.jpg 150w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-100x100.jpg 100w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-90x90.jpg 90w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-80x80.jpg 80w" alt="tome nota" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                                A Calculadora FipeZap mostra ao usuário, do ponto de vista financeiro, se vale mais a pena comprar ou alugar um imóvel. Ao informar alguns dados sobre as condições da simulação, ou utilizar as informações previamente preenchidas pelo ZAP, a ferramenta apresenta um determinado valor como base. Se o valor de locação do imóvel for menor do que o apontado, o aluguel é mais vantajoso. Já se o valor for superior, comprar a unidade compensa mais. A indicação do valor é uma maneira prática de comparar a valorização do imóvel com a rentabilidade que poderia ser obtida pelo comprador caso ele investisse o dinheiro da compra e continuasse a pagar aluguel, o chamado custo de oportunidade. Se investimentos alternativos renderem menos do que a valorização do imóvel, vale mais a pena comprar a unidade. Porém, se a rentabilidade da aplicação for superior ao valor do aluguel, é melhor optar pelo aluguel e aplicar o valor que seria usado na compra.</p>
Atualmente, as taxas de juros altas e a valorização dos preços dos imóveis abaixo da inflação podem fazer com que o aluguel seja mais atrativo, diz Eduardo Zylberstajn, coordenador do Índice FipeZap. “No entanto, é necessário considerar o cenário durante todo o tempo do financiamento ou prazo em que se pretende viver no imóvel”. A ferramenta considera que os imóveis tenham uma valorização média de 6% ao ano. Portanto, a calculadora serve apenas como um indicador, pois pode não representar de forma precisa a valorização dos imóveis no futuro. Para chegar ao resultado, o usuário pode preencher por conta própria as informações solicitadas ou pode usar os valores sugeridos pelo ZAP. Os dados solicitados são: taxa média de juros paga em investimentos alternativos, taxa do financiamento, prazo do financiamento, período em que o usuário pretende viver no imóvel, valor de compra do imóvel, valor de entrada necessário para financiar a casa ou apartamento e custo do seguro-fiança.

Os valores sugeridos pelo ZAP serão atualizados de tempos em tempos.

Além disso, a calculadora também leva em conta alguns valores pré-fixados pelo Zap e pela Fipe. Conforme mencionado, a ferramenta considera, por exemplo, que os preços de venda e de locação dos imóveis variam 6% ao ano (percentual médio estimado para a inflação pelo ZAP), e que os imóveis também têm uma depreciação de 1% ao ano, decorrente de questões como o desgaste do imóvel (essa taxa foi apurada por meio de um estudo realizado pelo ZAP).

Outros valores que estão incluídos no cálculo são os custos com cartório e taxa de corretagem, que incidem no momento de venda do imóvel.

O cálculo só pode ser feito, por enquanto, para imóveis localizados em São Paulo e no Rio de Janeiro. O objetivo do ZAP é incluir mais cidades na ferramenta ao longo do tempo.







<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
18/08/2016

Últimas notícias