Notícias do mercado imobiliário

CBIC FIRMA ADESÃO AO PACTO GLOBAL (ONU) REDE BRASIL

<img class="attachment-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/10/tome-nota22-150x150.jpg" alt="tome nota" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                                      A CBIC assinou nesta quarta-feira (13), em Brasília, a adesão ao Pacto Global da Rede Brasil, que marcou o compromisso da entidade e da indústria da construção com a sociedade. A diretora executiva do Pacto Global da Rede Brasil, Renata Seabra, destacou a importância da iniciativa pioneira do setor e explicou as vantagens da adesão ao Pacto, que garante às empresas uma adesão simplificada; voz ativa nas Nações Unidas; capacitação e aprendizado, e visão estratégica e sustentabilidade. A publicação será enviada às entidades associadas à CBIC para uma ampla disseminação junto às empresas do setor. Ainda ontem, durante reunião do Conselho de Administração da entidade, em Brasília, a CBIC lançou o projeto Ética e Compliance na Construção, que visa a despertar a consciência sobre ética e compliance e dar suporte aos empresários do setor para a gestão da ética em suas organizações, a fim de fazer cumprir as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas para o negócio. “Um setor que não se posiciona sobre o que é certo ou errado acaba sendo responsável pelos erros dos outros”, destacou o presidente da CBIC, José Carlos Martins. São prioridades do projeto: disseminar os conceitos e fundamentos sobre a ética, valores e princípios; promover o engajamento cada vez maior das empresas do segmento à causa, e compartilhar as boas práticas já existentes para que possam ser reconhecidas e transferidas como aprendizado a outras organizações. O lançamento contou com exposições do consultor de Comunicação, Gustavo Krieger, sobre a questão da imagem do setor; do cientista político Leonardo Barreto sobre ética, reputação e o futuro da construção civil; da assessora jurídica Maria Luisa Guimarães, sobre a Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013 e Decreto 8.420/2015), e do consultor Vitor Seravalli sobre a estrutura do projeto, além da presidente do Fórum de Ação Social e Cidadania (Fasc), Ana Cláudia Gomes, e do vice-presidente Administrativo Adalberto Cleber Valadão.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
16/10/2015

Últimas notícias