Notícias do mercado imobiliário

DICAS SOBRE A MELHOR FORMA DE INVESTIR EM UM IMÓVEL

<p style="text-align: justify;"><img class="attachment-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/10/tome-nota22-150x150.jpg" alt="tome nota" width="150" height="150" /></p>
<p style="text-align: justify;"></p>
<p style="text-align: justify;">                                                                                            O mercado imobiliário brasileiro teve alta devido ao aumento do nível de emprego, da renda e do crédito bancário. E, com isso, as opções para investimentos são abundantes. Diante desse cenário, o jornal Correio Braziliense, depois de pesquisa no mercado, está apresentando “sete dicas para investir com segurança”:</p>
1) Para se investir em imóveis é necessário tempo disponível e muita paciência, pois é preciso garimpar ofertas e visitar os imóveis selecionados. Não somente isso, existem os gastos extras com ligações telefônicas, gasolina, alimentação e as vezes diárias em hotéis. Por isso é imprescindível que o imóvel atenda todas as expectativas. Depois da aquisição ele deve trazer lucro. Gerenciar imóveis não é um trabalho fácil, visto que o valor do trabalho deverá ser subtraído do imóvel.
2) Para se investir em imóveis é preciso ter em mente que ele não servirá de moradia para quem o está comprando e sim para terceiros, por isso é necessário observar o local do imóvel e a conservação.
3) Terrenos são ótimas fontes de renda. Investir em espaços no interior das grandes capitais está se tornando uma prática muito realizada nos últimos anos. Com o intuito ou não de construir, o terreno pode ser vendido para alguma construtora por três vezes mais do que você pagou.
4) Comprar um imóvel na planta possui suas vantagens. As instalações são novas, o tempo de planejamento é maior, super valorização se o imóvel for bem localizado, fora o processo de financiamento que é facilitado.
5) Para se investir em imóveis usados é preciso muita pesquisa para descobrir ótimas opções. Os preços são mais baixos, a mudança pode ser imediata dependendo das condições do local e as metragens são maiores.
6) No que você pretende investir? Salas, flats, galpões, apartamentos, casas, lojas comerciais? As opções são vastas, basta conhecer cada segmento e o que você poderá trabalhar com ele. Faça um planejamento para cada modelo com público alvo, concorrentes, valores e invista em divulgação.
7) Os fundos imobiliários são formados por investidores que desejam aplicar recursos em empreendimentos desse tipo para receber mensalmente aluguéis proporcionais à aplicação. Os valores variam de R$ 100 a R$ 1 mil e são negociadas pela Bovespa da mesma maneira que as ações, os negócios podem ser fechados eletronicamente caso haja investidores interessados em vender as cotas e o próprio investidor estabelece a quantidade de cotas e o preço que cada uma valerá.







<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
17/11/2015

Últimas notícias