Notícias do mercado imobiliário

FINANCIAMENTO PELO SBPE FICA MAIS CARO A PARTIR DE 2ª

<img class="attachment-266x266" style="text-align: justify;" title="financiamentos imobiliários" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/01/financiamentos-imobili%C3%A1rios2.jpg" alt="financiamentos imobiliários" width="266" height="182" />


<p style="text-align: justify;">                                                                    A Caixa Econômica Federal anunciou ontem (15) aumento de juros para novos financiamentos da casa própria. O reajuste atinge mais as classes A e B. A partir de segunda-feira, as novas taxas para linhas do Sistema Financeiro de Habitação, que financia imóveis de até R$ 750 mil, vão variar de 8,5% a 9,15% ao ano. Para imóveis acima desse valor, os juros serão de 10,2% a 11% ao ano. A medida visa a ajudar no saneamento das contas públicas. Não haverá mudança no programa Minha Casa Minha Vida e nos empréstimos com recursos do FGTS. Vão subir as taxas de juros do financiamento imobiliário com recursos da poupança (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo - SBPE). De acordo com a Caixa, a alteração foi feita para acompanhar a Taxa Básica de Juros (Selic), que atualmente está em 11,75% ao ano. Pelo novo cálculo, os juros pelo Sistema de Financiamento Habitacional (SFH), para imóveis de até R$ 750 mil com recursos tanto do FGTS como da poupança, permanece em 9,15% para quem não é cliente do banco. Para os clientes, sobe de 8,75% para 9%. Para aqueles que só têm conta salário no banco, a alteração é de 8,25% para 8,70%. Para servidores públicos, a mudança passa de 8% (conta corrente) e 8,60% (conta salário) para 8,70%. Nos imóveis contratados pelo Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), que financia imóveis com valor acima de R$ 750 mil, a taxa de juros anual passará de 9,2% para 11% para os não-clientes e 9,10% para 10,70% (clientes). Para servidores, a alta é de 9% para 10,50% e 8,80% para 10,20%, para respectivamente cliente com relacionamento e aqueles com conta salário.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
16/01/2015

Últimas notícias