Notícias do mercado imobiliário

HABITAÇÃO: GÁS, ÁGUA E ESGOTO LEVAM IPCA A 9,49%

<img class="attachment-post-thumbnail size-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Taxas-150x150.jpg" sizes="(max-width: 150px) 100vw, 150px" srcset="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Taxas-150x150.jpg 150w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Taxas-100x100.jpg 100w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Taxas-90x90.jpg 90w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Taxas-80x80.jpg 80w" alt="Taxas" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                               O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo subiu 0,54% em setembro, após alta de 0,22% em agosto. Com o resultado, medido pelo IBGE, o índice de inflação do País acumulou alta de 7,64% no ano, a maior para o período desde 2003, quando houve avanço de 8,05%. Em 12 meses, a alta foi de 9,49%, menor que aquela verificada nos 12 meses até agosto, de 9,53%. Importante na despesa das famílias, o botijão de gás, com peso de 1,07% nos cálculos do IPCA, liderou o ranking das principais contribuições com 0,14 ponto porcentual, ou 26% do IPCA de setembro, apontou o IBGE. Com a alta do gás, Habitação registrou o incremento mais expressivo em setembro entre os grupos avaliados, de 1,30%. Nessa classe de despesa, também foi destaque o aumento de 1,48% nas taxas de água e esgoto. O IPCA mede a inflação para as famílias com rendimentos mensais entre um e 40 salários mínimos que vivem nas Regiões Metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Vitória e Brasília, e nos municípios de Goiânia e Campo Grande.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
01/07/2016

Últimas notícias