Notícias do mercado imobiliário

IMÓVEIS DE ALTO PADRÃO AQUECEM MERCADO

<img class="attachment-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/10/tome-nota22-150x150.jpg" alt="tome nota" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                                                     Apesar da desaceleração da economia, do aumento dos juros e da dificuldade de acesso ao financiamento neste ano, as vendas de imóveis no primeiro quadrimestre de 2015 em Goiânia continuam mantendo o ritmo registrado no mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-GO). Motivado pelo desejo de comodidade e segurança dos clientes, a tendência do momento na capital são os empreendimentos de alto padrão. Em Senador Canedo, por exemplo, o projeto Cidade Alpha Goiás, da empresa paulista Alphaville, vendeu mais de 1.200 lotes em um único dia de vendas. O preço desses lotes não é barato e varia em torno de R$ 135 mil. As áreas vendidas por essas empresas são destinadas para a construção de empreendimentos horizontais de grande porte e alto padrão, como os já conhecidos condomínios residenciais de Goiânia. Esta tendência significa que o goianiense está buscando, cada dia mais, viver em locais mais seguros e mais próximos da natureza. De acordo com a arquiteta Kátia Oliveira, diretora de produto e marketing da Alphaville, ainda vai demorar cerca de três anos para que o projeto de Senador Canedo – que vai contar com comércio, escolas, hospitais e variados serviços – seja totalmente efetivado. O empreendimento vai ocupar uma área total de 8 milhões de metros quadrados. “O condomínio em questão fica a 15 minutos da Capital. O projeto oferece equilíbrio entre todos os espaços e ambientes. As famílias que escolhem viver nestes locais, independentemente das empresas que os vendem, buscam qualidade de vida. Mas para descobrirmos isso, foi preciso meses e meses de estudos e de identificação de demandas”, explica Kátia. A tendência, segundo a especialista, é que a popularização destes condomínios cresça com os anos. “Todos estes projetos são estudados exaustivamente e são referências da dinâmica dos moradores de uma cidade que cresce em todos os sentidos”, diz. Acostumado a ouvir as preferências e necessidades do consumidor que busca um imóvel, o diretor da URBS-RT Lançamentos Imobiliários, Ricardo Teixeira, lembra que atualmente o morador de Goiânia valoriza a tranquilidade da região em que mora. “Criar uma situação que concilie estes dois elementos antagônicos deve ser o grande diferencial dos projetos imobiliários”, afirma. Outro pilar que mantém o mercado imobiliário aquecido em Goiânia é a demanda por novas moradias. Segundo estudo divulgado recentemente pelo City Mayors, centro de estudos internacionais dedicados a temas urbanos, Goiânia é 101ª cidade do mundo e a 5ª do Brasil que mais deve crescer até 2020, e vai se tornar ali uma supercidade. Segundo Kátia Oliveira, a crise no setor é quase imperceptível: “Quando começam as vendas de um empreendimento, percebemos que o dinheiro não sumiu com a crise financeira brasileira. O dinheiro está aí. O que precisamos fazer em todos e qualquer tipos de mercados é descobrir os nichos e ter um bom produto”, acredita ela.</p>
<p style="text-align: justify;"></p>
<p style="text-align: justify;"></p>
<p style="text-align: justify;"></p>
<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
04/11/2015

Últimas notícias