Notícias do mercado imobiliário

INDÚSTRIA DE MATERIAIS ESTIMA FATURAR 15% MENOS

<img class="attachment-post-thumbnail size-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-150x150.jpg" sizes="(max-width: 150px) 100vw, 150px" srcset="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-150x150.jpg 150w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-100x100.jpg 100w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-90x90.jpg 90w, http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2016/05/tome-nota-80x80.jpg 80w" alt="tome nota" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                                O Conselho da Associação Brasileira de Materiais de Construção (Abramat) estima que a indústria brasileira de materiais de construção deve fechar o ano com quedas de 15% no faturamento e de quase 20% no volume da produção. A entidade prevê ligeiro declínio do setor em 2016, devendo o crescimento ser retomado apenas em 2017. Segundo o presidente do Conselho da Abramat, Marcelo Chamma, em 2015 deverá ocorrer uma queda de 12% na produção de cimento: “É como se fôssemos parar sete das 53 fábricas do produto existentes no País. Não deverá haver novos investimentos para aumento da capacidade produtiva neste segmento nos próximos seis a sete anos”, previu.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
18/08/2016

Últimas notícias