Notícias do mercado imobiliário

IPTU: PAÇO TERÁ DE NEGOCIAR MAIS COM VEREADORES

<img class="attachment-266x266" style="text-align: justify;" title="IPTU" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2014/11/IPTU10.jpg" alt="IPTU" width="266" height="110" />


<p style="text-align: justify;">                                                                                           Apesar de integrantes da base do prefeito Paulo Garcia considerarem que o aumento linear de 57,8% no valor venal dos imóveis para o ano que vem já representa um avanço nas negociações, a proposta ainda enfrenta grande resistência e, levando em conta o posicionamento do chamado bloco moderado da Câmara de Goiânia, dificilmente será aprovada. Essa proposta que está aí eu não voto. E quando falo eu', também falo por mais três vereadores. Juntos nós fizemos a diferença na votação passada, diz o líder do grupo, Zander Fábio (PSL), se referindo à tentativa de aprovar a revisão da planta de valores em 2013, quando os votos dos moderados foram decisivos. Mas o prefeito tem demonstrado abertura, completa. Integrante da base, Wellington Peixoto (PROS) vê o que chama de ganho na proposta da Prefeitura, mas defende que é possível reduzir um pouco mais o aumento no IPTU. Ouvido a respeito dessas tratativas, o empresário da construção civil e presidente do Instituto Cidade, Ilézio Inácio Ferreira,  opinou que um tributo baseado em uma planta de valores atualizada seria mais interessante para o mercado imobiliário. Ilézio considerou alto o percentual de 57,8% para reajuste do valor venal dos imóveis para aplicação no IPTU no ano que vem, mas observando que é menor do que seria na outra proposta.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
26/11/2014

Últimas notícias