Notícias do mercado imobiliário

PREÇOS ATINGEM EM GOIÂNIA A MAIOR ALTA DA HISTÓRIA



Os preços ao consumidor goianiense ficaram 1,44% mais caros na passagem de outubro para novembro, a maior alta mensal da história, com maior pressão dos grupos alimentação e habitação. No ano, a inflação para o goianiense, medida pelo IBGE, já soma 10,22%, a terceira maior do País, e em 12 meses atinge 11,44%.

O IPCA, índice usado nas metas de inflação, subiu 1,01% em novembro e, em 12 meses, chegou a 10,48%. Foi a primeira vez, desde 2003, que a inflação superou 10%, elevando o risco de indexação, alertam analistas. As altas foram generalizadas: 78% dos produtos pesquisados pelo IBGE subiram. De janeiro até o mês passado, a inflação foi de 9,62%, bem acima do teto (6,5%) da meta estabelecida pelo governo para 2015.







<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
27/12/2016

Últimas notícias