Notícias do mercado imobiliário

REAJUSTES: SUPERÁVIT PODE ALTERAR O CRONOGRAMA


<p style="text-align: justify;">                                                                O governo federal estuda adiar o reajuste do salário mínimo e dos servidores no ano que vem para compensar a queda de receitas e cumprir a meta de superávit fiscal de 0,7% do PIB. No caso do mínimo, o aumento passaria de janeiro para maio e, no dos servidores, de agosto para dezembro. A medida, em análise pela equipe econômica, não é consensual porque técnicos alertam para o grande desgaste político que ela provocaria, já que a previsão de retração da economia é de 3,1% este ano e de 1,95% em 2016.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
14/10/2016

Últimas notícias