Notícias do mercado imobiliário

SECOVI: CRÉDITO MAIS CARO REDUZ DEMANDA POTENCIAL

<img class="attachment-266x266" title="CRÉDITO IMOBILIÁRIO" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/01/CR%C3%89DITO-IMOBILI%C3%81RIO1.jpg" alt="CRÉDITO IMOBILIÁRIO" width="228" height="221" />


<p style="text-align: justify;">                                                                       O aumento das taxas do crédito imobiliário pela Caixa reduz, potencialmente, a demanda por imóveis, na avaliação do presidente do Secovi-SP, Claudio Bernardes, e vai dificultar a comercialização. Quando os juros são reduzidos, mais pessoas são colocadas no mercado. O aumento das taxas tira a capacidade de compra de uma parte dos compradores, afirma o executivo. O presidente da Federação Internacional das Profissões Imobiliárias (Fiabci/Brasil), Basilio Jafet, compartilha da opinião de Bernardes. O aumento das taxas de juros limita o universo comprador de um imóvel. Qualquer ponto percentual é importante, diz Jafet, ressaltando que a inadimplência no setor é baixíssima. O maior impacto vai ocorrer nos financiamentos pelo Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), em que a taxa efetiva cobrada no balcão da agência subiu de 9,2% para 11% ao ano. Para os clientes do banco, a taxa aumentou de 9,1% para 10,7%. Na quarta-feira, o Bank of America Merrill Lynch divulgou, em relatório, expectativa de que os ajustes não devem ser suficientes para impactar a já reduzida velocidade de vendas, num cenário de baixa confiança do consumidor. A notícia é negativa para a demanda por imóveis e para o setor com um todo, mas o impacto é pequeno, afirma um analista que acompanha o mercado imobiliário.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
16/01/2015

Últimas notícias