Notícias do mercado imobiliário

SEMANA DA CASA NOVA: OPORTUNIDADE DE COMPRAR BEM

<p><img class="attachment-266x266" style="text-align: justify;" title="tome nota" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2014/12/tome-nota9.jpg" alt="tome nota" width="266" height="177" /></p>
<p></p>
<p style="text-align: justify;">                                                                                           Com o apoio de mídia do jornal O Popular, a Ademi-GO apresenta ao público a sugestão da boa compra do imóvel para morar, com a Semana da Casa Nova, em veiculação deste o sábado, 29 de novembro. São promoções de fim de ano que vão movimentar o mercado imobiliário. Como lembra o jornal, na apresentação da campanha, no sábado, Goiânia é uma das capitais com preço do metro quadrado mais baixo do País e, ao mesmo tempo, a segunda com maior valorização da metragem. Essas particularidades contribuem para que o mercado imobiliário goiano continue mantendo as vendas. Para esta oportunidade especial de fim de ano, são cerca de 9,5 mil unidades ofertadas. Neste período do ano, além do 13º salário, alguns clientes têm a oportunidade de vender suas férias. Além disso, costumam ter maior disponibilidade de tempo para visitar e conhecer as unidades. Por isso, as empresas se organizaram para atender este público e criam suas ações promocionais, informa o presidente da Ademi, Renato de Sousa Correia. Desde sábado e até o próximo final de semana, há ofertas especiais no Caderno de Classificados de O Popular. Os preços dos imóveis em Goiânia são entre 25% e 30% mais baixos que a média nacional. Além disso, o setor no Estado vem crescendo muito mais que no restante do País. É natural que haja atração, concentração e distribuição de renda para Goiânia e as principais cidades do Estado. A tendência é de valorização com os estoques menores. Os preços subiram acima da inflação, observa Renato Correia. Para o ex-presidente da Ademi e presidente do Instituto Cidade, Ilézio Inácio Ferreira, o mercado vai continuar estável. É um bom momento para comprar. O mercado continua ofertando, complementa.</p>
<p></p>
<p></p>
<p></p>
<p><strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong></p>
17/12/2014

Últimas notícias