Notícias do mercado imobiliário

SUSPEITA DE FRAUDES EM FINANCIAMENTOS IMOBILIÁRIOS




<p style="text-align: justify;">                                                 Uma operação da Polícia Federal busca suspeitos de integrarem uma organização criminosa de fraude a financiamentos imobiliários. A ação, intitulada Dolos, é realizada no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Segundo a investigação, a fraude, que ocorria em três agencias bancárias da Caixa Econômica Federal, causou um prejuízo estimado em R$ 100 milhões. Segundo a Polícia Federal, 130 agentes cumprem 65 mandados, sendo 34 de condução coercitiva e 31 de busca e apreensão. A PF também determinou o afastamento de 10 servidores públicos, a apreensão de 20 veículos e bloqueio de dezenas de contas correntes. Com o auxilio de empregados da Caixa, inclusive gerentes regionais, os criminosos conseguiam facilitar o recebimento de valores de contratos de até R$ 1 milhão. Para isso, os funcionários aceitavam documentos falsos e liberavam os valores sem as devidas garantias. A maioria dos imóveis estaria localizada, no Rio de Janeiro,  na Região dos Lagos. Alguns receberam sobrevalorização de 1000% do valor real de mercado. Os investigadores constataram o crime pelo registro de imóveis, onde identificaram a existência de contratos cujos bens sequer existiam. Também foi verificado que a liberação dos recursos desses financiamentos nas três agências ocorriam em um prazo médio inferior a 4 dias. Nas demais agências do Rio de Janeiro, o processo levava mais de um mês. Nas declarações de IR informadas, as rendas declaradas não correspondiam ao valor de mercado comuns à realidade brasileira. Os suspeitos responderão à Justiça, na medida de suas participações nos crimes, por associação criminosa, falsificação de selo ou sinais públicos, falsificação de documentos públicos, estelionato, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de capitais.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
31/03/2015

Últimas notícias