Notícias do mercado imobiliário

VALOR DA PRESTAÇÃO NA CAIXA JÁ ESTÁ SUBINDO

<img class="attachment-post-thumbnail" src="http://evoimoveis.com.br/wp-content/uploads/2015/10/GOVERNO-TEM-D%C3%89FICIT-PRIM%C3%81RIO-DE-R-74-BI-EM-FEVEREIRO-150x150.jpg" alt="GOVERNO TEM DÉFICIT PRIMÁRIO DE R$ 7,4 BI EM FEVEREIRO" width="150" height="150" />


<p style="text-align: justify;">                                                                    Os imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal a partir do último dia 13 já estão sob novas taxas de financiamento. Depois de três meses da última elevação, a Caixa voltou a subir as taxas de juros das operações para financiamento de imóveis residenciais contratadas com recursos da poupança. A última vez que o banco estatal tinha subido os juros do crédito habitacional foi em janeiro, após congelamento que durou todo o ano de 2014. O reajuste dessa vez foi de 0,3 ponto porcentual em todas as formas de relacionamento com o banco. Nos financiamentos feitos pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH), a taxa balcão – para clientes sem relacionamento com o banco – subiu de 9,15% para 9,45% ao ano. Para quem já tem relacionamento com o banco (correntistas, por exemplo), os juros subiram de 9% para 9,3% ao ano. Os clientes que recebem salário pelo banco vão pagar taxa de 9% ao ano, ante 8,7% definida em janeiro. Essa é a mesma taxa que os servidores públicos que são correntistas do banco passam a pagar. Dos servidores públicos que além de correntistas também recebem pela instituição a Caixa cobra juros de 8,8% nos financiamentos desde o dia 13, ante 8,5% de janeiro. A Caixa detém quase 70% do crédito imobiliário no País e a mudança na taxa de juros praticada pela instituição tem impacto nos juros dos demais bancos e no ritmo de atividade da construção civil.</p>






<strong>Fonte: www.ademigo.com.br</strong>
14/10/2015

Últimas notícias